1. INÍCIO
  2. >
  3. BLOG
  4. >
  5. Arquitetura e Urbanismo
  6. >
  7. Grandes cases do urbanismo mundial: Camberra
  1. INÍCIO
  2. >
  3. BLOG
  4. >
  5. Arquitetura e Urbanismo
  6. >
  7. Grandes cases do urbanismo mundial: Camberra

Grandes cases do urbanismo mundial: Camberra

A Tamboré Urbanismo apresenta a capital da Austrália, projetada de acordo com a topografia local e dentro do conceito de cidade-jardim.

29/05/2022 - 18h43min - Arquitetura e Urbanismo

Com pouco mais de cem anos, Camberra está entre as capitais mais jovens do mundo. O nome da cidade, que significa “lugar de encontro” em idioma aborígene local, foi anunciado em 1913 por Lady Denman, esposa do então governador-geral, Thomas Denman, em cerimônia que marcou o início das obras. 

A escolha de Camberra como a nova capital da Austrália foi oficializada em 1908, após votação no Senado. A partir daí, foi lançado um concurso internacional de design, que contou com 137 inscrições. O vencedor foi o arquiteto e paisagista de Chicago Walter Burley Griffin, que contou também com a participação de sua esposa Marion Mahony Griffin no projeto. “Eu planejei uma cidade como nenhuma outra… Eu planejei uma cidade ideal — uma cidade que encontra meu ideal de cidade do futuro”, disse o próprio Griffin em 1912.

A cidade-jardim

Camberra foi projetada para ser uma grande cidade-jardim. O plano de Griffin, portanto, foi feito com base na topografia natural do lugar. A área projetada fica entre três colinas e um lago ornamental — o Lago Burley Griffin —, criado a partir do represamento do Rio Molonglo, que corta a cidade. As vias e áreas destinadas a prédios públicos seguem padrões geométricos, com longas avenidas arborizadas. 

O centro governamental de Camberra tem o formato de um triângulo, constituído pelas avenidas Kings, Commonwealth and Constitution. Cada intersecção dessas vias representa um aspecto fundamental do que era visto como essencial para uma democracia forte: o povo, o governo e o mercado. No chamado Triângulo Nacional estão o Parlamento, a Suprema Corte, museus, galerias, bem como parques, jardins e áreas verdes em geral. 

O plano de Griffin para Camberra

Planejada inicialmente para abrigar 25 mil pessoas, Camberra hoje é a casa de mais de 400 mil habitantes. Uma das características do plano de Griffin era justamente a sua flexibilidade, que o tornava capaz de atender às demandas de crescimento e às necessidades de mudança que surgissem ao longo do tempo, sem que a cidade perdesse seu caráter.

Essa visão permitiu ainda que a construção da capital fosse realizada aos poucos, uma vez que até a década de 1950 o processo sofreu interferências de questões políticas e burocráticas, além dos efeitos da Segunda Guerra Mundial. Em 1920, Griffin acabou deixando a supervisão da obra na cidade para trabalhar como arquiteto em Melbourne. Já em 1924, o governo australiano publicou o Plano Griffin para Camberra, com o objetivo de garantir que nenhuma mudança fosse feita no projeto sem a aprovação do Parlamento, assegurando assim que a capital fosse como o arquiteto a havia planejado. 

Camberra hoje

Atualmente Camberra mantém sua característica de cidade-jardim, com muito verde, ao mesmo tempo em que abriga a estrutura administrativa do país. A cidade contrasta com as agitadas Sydney e Melbourne, mas também recebe muitos turistas, principalmente os que buscam admirar o melhor da Austrália em museus e arquitetura. Isso sem falar nos cangurus, que podem ser vistos nos parques e reservas naturais da capital. 

Veja outros exemplos de cidades planejadas

O planejamento urbano é capaz de criar cidades “do zero”, como no caso de Camberra, ou de remodelar centros urbanos que vieram a se tornar referência em todo o mundo. Para conhecer outros cases de urbanismo em diversos países, acompanhe o nosso blog. 

Leia também

  • Tamboré Juiz de Fora: o empreendimento mais completo da cidade

    saiba mais
  • Tamboré Juiz de Fora: segurança e comodidade lado a lado

    saiba mais
  • Tamboré Juiz de Fora: conexão direta com a natureza

    saiba mais
  • Tamboré Juiz de Fora: lazer completo e integrado à natureza

    saiba mais
  • Grandes cases do urbanismo mundial: Washington D.C.

    saiba mais
Compre
seu
Lote
Email
Compre seu lote
Email

Proteção de Dados Pessoais

Tamboré utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência
de acordo com nossa Política de Privacidade . Ao continuar navegando, você aceita estas condições.
Acesse nossa Política de Privacidade e saiba como tratamos dados pessoais.